VENEZA: roteiro do segundo dia

Acordamos cedo e fomos de Mestre para Santa Lucia. A parada de ônibus era próxima ao nosso hotel, compramos um bilhete de transporte numa lotérica e partimos. Descemos na Piazzale Roma e lá mesmo compramos nosso Vènezia Unica City Pass. O cartão custou € 29,90 por pessoa com validade para sete dias. Como eu só iria fazer 30 anos no dia seguinte, ainda consegui comprar por esse preço. Depois dessa idade, o preço aumenta para € 39,00. No final das contas, não achamos que valeu muito à pena ter comprado o cartão, já que em muitos lugares ele não era aceito. Além disso, só pudemos entrar uma vez nos locais.

IMG_7849

Ponto de venda do Vènezia Unica City Pass, na Piazzale Roma

Além do Palácio Ducale (Palazzo Ducale), o Vènezia Unica City Pass permite a entrada em 10 museus e 16 igrejas. Ele pode ser combinado com um cartão de transporte e também possibilita descontos em outras atrações (mais informações sobre as atrações e preços clique aqui).

Da Piazzale Roma saímos andando por inúmeras ruelas entrecortadas por encantadoras pontes e canais. Seguimos rumo à Ponte di Rialto e à Piazza San Marco. Não precisa nem dizer que nos perdemos e nos achamos várias vezes, auxiliadas por raras placas que nos mostravam a direção. Achamos ótimo essa confusão, inclusive essa é a maior atração de Veneza: entrar em becos inesperados, se deparar com pracinhas encantadoras, observar a arquitetura e fachadas incríveis, olhar vitrines com objetos de murano e máscaras de carnaval. Algumas galerias fazem uma verdadeira exposição. Irresistível!

 IMG_7879

IMG_7898

IMG_7908

IMG_7932

Grande Canal de Veneza

Depois de muitos passos, finalmente chegamos na Ponte di Rialto e no Grande Canal. A cidade é completamente tomada pelo turismo de massa e nessa parte fica praticamente impossível andar. Todavia, a beleza e o charme do local fazem valer cada segundo ali. Ficamos alguns minutos observando toda aquela confusão na ponte e nas ruas ao redor, bem como o trânsito confuso dos canais, cheios de barcos e gôndolas.

IMG_7931

Ponte di Rialto em Veneza

IMG_7975

Grande Canal de Veneza

Seguimos para a Piazza San Marco e, chegando lá, logo entramos na fila para subir no Campanário de São Marcos (Campanile di San Marco). O Campanário é uma torre enorme, com bela vista da cidade. Depois de muitos minutos, alcançamos a entrada e descobrimos que o nosso Vènezia Pass não dava acesso a essa torre. A entrada custava € 8,00 por pessoa. Começou ali nosso arrependimento dessa compra, afinal o Vènezia Pass não incluía quase nada.

Não desanimamos e fomos para o Palazzo Ducale, que considero uma visita imperdível. Tanto o prédio e quanto as obras que o ornam impressionam. Especialmente emocionante foi passar por dentro da Ponte dos Suspiros (Ponte dei Sospiri), que liga o Palazzo Ducale ao Prigioni Nuove (o primeiro edifício do mundo construído para ser uma prisão).

IMG_8273

Piazza San Marco

IMG_8382

Campanile di San Marco e Palazzo Ducalle vistos do barco

IMG_8150

Um dos salões do Palazzo Ducale

IMG_8154

Pátio do Palazzo Ducalle com a Basilia San Marco ao fundo

IMG_8315

Ponte dos suspiros

Vistas a partir da Ponte dos Supiros:

IMG_8175  IMG_8158

Depois de mais de duas horas visitando o Palazzo Ducale, fizemos um lanche rápido por ali mesmo e fomos até a Basílica de São Marcos (Basilica di San Marco), que, infelizmente, estava praticamente toda coberta para reforma. Mesmo assim, foi possível admirar os seus lindos mosaicos dourados. A entrada era livre, somente a subida até a cúpula era paga.

IMG_8186

Mosaicos da Basilica di San Marco

Da Basílica, fomos para o Museo Correr.  A entrada estava incluída no Vènezia Pass, um dos motivos pelos quais escolhemos esse destino.

Nessa altura, já estávamos muito cansadas e paramos para tomar um gelatto. Na viagem, tomamos vários, consideramos os de Veneza medianos, especialmente se comparados com os da Toscana. Mas pelo calor e pela multidão de turistas que se aglomeram nas ruas, essa parada foi estratégica.

No final da tarde, pegamos a Linha 1 do Vaporetto e fizemos um belo passeio pela cidade, passando pelo Grande Canal e pelas principais atrações da cidade, como o Ca’D’Oro, a Ponte Rialto, o Ca’Pesaro, Academia de Belas Artes, Salute e a Praça de São Marcos.