GRÉCIA: chegando em Santorini

INDO PARA SANTORINI

A nossa viagem de Mykonos para Santorini era às 10h40, acordamos então cedo e fomos devolver o carro na locadora. Ainda tivemos tempo para passear um pouco pelas ruas de Pequena Veneza e comprar souvenirs. A caminhada para o hotel era de menos de 10 minutos. Voltamos para o ckeck-out, quando nos ofereceram um transfer gratuito para o Porto Novo. Nem preciso dizer que amamos o hotel escolhido.

DSCF8621

IMG_9579

Chegando em Santorini. Vista da janela do ferry

IMG_9584

No ferry da companhia SeaJet as malas ficam na parte de baixo, sem identificação e amontoadas à espera do seu dono.

IMG_9585

Porto Novo de Santorini e locadoras de carro


ALUGUEL DO CARRO

Assim que chegamos no Porto Novo de Santorini alugamos um carro na Locadora Union, cuja diária custou € 40,00.  Era um carro médio, um Ibiza em bom estado, com ar-condicionado. Já com o carro, saímos em direção ao nosso hotel no centro da ilha, em Pyrgos. Andar em Santorini é mais difícil do que em Mykonos, as sinalizações são falhas e confusas. Também não pudemos fazer como fizemos em Mykonos, alugar o carro por apenas um dia. Em Santorini é praticamente impossível a realização dos passeios sem um transporte, pois os vilarejos são distantes e o relevo bastante acidentado. Alugamos o carro por toda a nossa estadia na ilha, três diárias. Para devolução do carro, o funcionário sugeriu que o deixássemos no estacionamento do aeroporto com a chave na ignição. Achamos essa forma muito arriscada e preferimos voltar à agência para devolvê-lo. Um dos funcionários foi nos deixar no aeroporto e apenas assinou o contrato como atestado de recebimento do veículo.

IMG_9592


CHEGANDO EM SANTORINI

A estrada do Porto Novo para o centro de Santorini é curta, mas bastante sinuosa. Os vilarejos da ilha ficam no alto, enquanto que o Porto, evidente, no nível do mar.

Santorini é arborizada, tem produção de vinhos e possui vistas lindíssimas. A ilha tem formato bastante peculiar, desenhada como uma caldeira, devido a uma erupção vulcânica. Foi estabelecido que ficar hospedado de frente para a caldeira é mais bonito, mas ficamos em Pyrgos e não nos arrependemos. Além da localização central na ilha, é tranquilo e permite uma experiência mais próxima da dinâmica da cidade e afastada do burburinho turístico de Fira (capital da ilha) e Oía.

Almoçamos na rua principal de Pyrgos, na Taverna Kallisti. Para quatro pessoas, pagamos € 47,00, incluindo bebidas. O restaurante serve pratos fartos e de ótima qualidade, gostamos muito.

Após o almoço, saímos andando para procurar o hotel, já que nas ruas de Pyrgos não transitam carros. Elas são estreitas, com escadas e só possibilitam a passagem de pedestres.

Em Santorini, nos hospedamos no Donna’s House, em Pyrgos. A diária era € 90,00 para um quarto família que comportava 4 pessoas. O quarto era enorme, com mezanino e três ambientes. O café da manhã era muito saboroso e continha itens típicos de um café grego: folheado de espinafre, iogurte com mel, queijo de cabra, omeletes e frutas. Tudo era feito na hora.

IMG_9777

Fachada do hotel Donna1s House, em Pyrgos, Santorini

IMG_9774

Igrejinha em Pyrgos, Santorini, vista da janela do quarto do hotel.

1058882_712138152200324_1964718304_n

Café da manhã grego

IMG_9591  IMG_0253


PRIMEIRO PASSEIO EM SANTORINI

Depois de uma longa procura pelo hotel, fizemos o check-in e saímos para passear em Fira. Lá, existem alguns estacionamentos gratuitos, pois na parte central de Fira também não entram carros.

IMG_0256

Ruas estreitas e com escadas de Pyrgos, Santorini

IMG_0257

Praça na rua principal de Pyrgos, Santorini

Passeamos um pouco pelas ruas de Fira e paramos no Bar Crystal para assistir ao pôr do sol de frente para a caldeira. A cerveja custava € 6,50. Esse espetáculo da natureza é realmente tudo aquilo que dizem. Mas, sinceramente, não chega a ser o pôr do sol mais bonito do mundo. Já assistimos a outros tão ou mais belos que, como o de Alcântara (MA).

IMG_9714

Pôr do sol em Fira, em Santorini

IMG_9696

Casas de Fira, Santorini, iluminadas pelos últimos raios solares do dia

Passeamos depois pelas ruas de Fira, apreciando os últimos raios solares e as luzes se acendendo.

IMG_9755

Vista do mar Egeu de alguma rua de Fira, Santorini

À noite estávamos tão cansadas que jantamos num restaurante tipicamente turístico na praça principal de Fira, chamado Ellinikon. Pagamos € 38,00 para duas pessoas com bebidas. Percebemos que os preços, em geral, eram inferiores aos de Mykonos.

IMG_9773  IMG_9772

IMG_9766