PELAS ESTRADAS DA TOSCANA: Nosso roteiro de carro

IMG_4283

Pelas estradas da Toscana

Do sonho à realidade

A viagem para a região da Toscana era um sonho antigo, alimentado pelo cinema e povoado por belas imagens de campos verdejantes, repletos de ciprestes, de fenos, girassóis, vinhedos e de casinhas rústicas perdidas no meio dessa imensidão. Foi um sonho cultivado por muitos anos e sempre adiado por causa do alto valor para quem sai do Brasil. Morando em Paris, tornou-se um sonho mais palpável e nós, finalmente, pudemos começar a planejar nossa viagem.

O mais interessante de uma viagem à Toscana é o “deslocar-se”, são os movimentos, as estradas, as paisagens, os campos a perder de vista. Ao visitar a região, o foco não pode ser somente as cidades. Os caminhos também compõem a magia desse lugar. Por isso, fazer uma viagem de carro tornou-se nossa prioridade.

Após pesquisas na internet, reservamos um carro na Europcar pelo site RentalsCar. Pegamos o carro em Florença e devolvemos em Pisa, era um Panda alimentado a diesel, de motor 1.2. As sete diárias custaram 245,82 euros, incluindo o reembolso de franquia em caso de danos. Esse modelo atendeu a todas as nossas necessidades. O único problema foi que reservamos uma categoria mais elevada de carro, mas não reclamamos porque estávamos sem a Permissão Internacional de Dirigir e ficamos com medo de surgirem problemas em decorrência disso. Locamos o veículo apenas com a CNH brasileira, passaporte e cartão de crédito.


Roteiro

Percorremos 840Km nos nossos onze dias de viagem pela Toscana e visitamos dez cidades. Saindo da capital regional, Florença, seguimos para Lucca, San Gimignano, Volterra, Greve in Chianti, Siena, Cortona, Montpulciano, Montalcino e, por fim, Pisa, de onde saia nosso voo de volta para Paris.

Mapa Toscana

Roteiro da viagem

O mapa do roteiro parece caótico, mas funcionou muito bem. Percorremos caminhos lindos, visitamos cidades fantásticas, dormimos bem e realizamos diversos sonhos. Quanto aos dias, a viagem foi dividida da seguinte forma (a avaliação dos hotéis consta nos posts das respectivas cidades):

PRIMEIRO DIA: 14 de maio, VERONA – FLORENÇA

  • Viagem: Trem para Florença às 14h50min (1H30 horas de viagem)
  • Hotel em Florença: Hotel Fedora. 04 NOITES

SEGUNDO DIA: 15 de maio, FLORENÇA

TERCEIRO DIA: 16 de maio, FLORENÇA

QUARTO DIA: 17 de maio, FLORENÇA

QUINTO DIA: 18 de maio, FLORENÇA – LUCCA

  • Hotel em Lucca: B&B Il Giardino Del Pettirosso. 01 NOITE

SEXTO DIA: 19 de maio, LUCCA – SAN GIMIGNANO

  • Hotel em San Gimignano: Agriturismo Il Castagnolino. 02 NOITES

SÉTIMO DIA: 20 de maio, SAN GIMIGNANO – VOLTERRA – SAN GIMIGNANO (BATE-VOLTA)

OITAVO DIA: 21 de maio, LE CHIANTI (com parada em GREVE IN CHIANTI) – SIENA 

  • Hotel em Siena: B&B La Verbena (Siena). 02 NOITES

NONO DIA: 22 de maio, SIENA

DÉCIMO DIA: 23 de maio, SIENA – CORTONA

  • Hotel em Cortona: Casa Soleluna. 01 NOITE

DÉCIMO PRIMEIRO DIA: 24 de maio, CORTONA – MONTALCINO – MONTEPULCIANO

  • Hotel em Montepulciano : Appartamenti Bellarmino (Montepulciano). 01 NOITE

DÉCIMO SEGUNDO DIA: 25 de maio, MONTEPULCIANO – PISA

Essa foi uma viagem muito diversa e completa, abrangendo paisagens, patrimônio histórico, arquitetura, artes, gastronomia, vinhos e aventuras. Começando pelo planejamento, preferimos trocar de hotéis a fixar uma base. Assim, poderíamos conhecer algumas cidades com mais tranquilidade ao invés de visitar várias de forma superficial e frenética. Reduzimos, então, o número de paradas e fomos seguindo viagem, abrindo exceção a poucos bate-e-voltas. Ao dormir no local, pudemos vivenciar melhor cada vilarejo medieval que escolhemos.

IMG_4323

Campo com feno e ciprestes na Toscana

Outra decisão que fez toda a diferença e que compôs o cenário bucólico da viagem foi a de nos hospedarmos em agroturismos (espécie de hotel fazenda). Como estaríamos de carro, podíamos ficar mais distantes dos centros dos vilarejos sem comprometer nosso deslocamento. Para nos ajudar com as rotas, baixamos o aplicativo TomTom no celular com o mapa da Europa Ocidental pelo valor de 49 dólares. Ele foi absolutamente indispensável, já que não seguíamos pelas autopistas. Pelas estradas secundárias, tivemos as mais belas vistas, apesar de ser um trajeto mais longo por causa das curvas. Nossa intenção era justamente passar o tempo que fosse necessário para apreciar toda aquela beleza.

A época da nossa viagem também foi pensada com antecedência. Além do clima mais ameno e das lindas vegetações que a primavera nos presenteia, a quantidade de turistas é menor se compararmos com o verão. Nossa viagem pela Toscana aconteceu, então, entre os dias 14 e 25 de maio de 2014. Nesse período, contudo, não tem girassóis, que aparecem geralmente em agosto.

Orçamento de hotéis e transportes:

Trem Verona – Florença (02 pessoas) – 58 euros

Hotel em Florença (04 noites) – 348 euros

Hotel Lucca (01 noite) – 79 euros

Hotel San Gimigniano (02 noites) – 160 euros + Jantar (02 pessoas) – 50 euros

Hotel em Siena (02 noites) – 150 euros

Hotel Cortona (01 noite) – 80 euros

Hotel Montepulciano (01 noite) – 80 euros

Aluguel de carro (07 dias) – 467 dólares

 IMG_1904